Author: Kelly Marques
•5:33 AM

A IURD está em guerra. Somos atacados porque atacamos, e todos que fazem parte deste exército têm algo em comum: decidiram dar a vida, por algo em comum, que é mais valioso que o mundo, tanto para Deus como para o diabo – Almas.

Nesta guerra, amigos e companheiros são bombardeados constantemente, esta guerra não tem fim.

Os que são atingidos nesta guerra, se aliaram com o ponto mais fraco do ser humano – o sentimento. Fizeram negócio com sua necessidade, ficaram fracos, e já não tinham mais força para lutar pelas almas, porque a sua própria alma estava debilitada.
Deixaram-se influenciar pelo marido, pela esposa, pelos problemas.

Mas aqueles que usam esta arma letal – o sentimento – são como água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.

A mulher principalmente, que não abandonou sentimentos como auto-piedade, satisfação do ego, complacência, acaba se distraindo, perdendo o foco, e começa a exigir atenção, cobra o que sente falta, se compara – mas diga, será que quem está lutando tem tempo para pensar nisso?

Quem vai para a guerra, já perdeu a própria vida, antes mesmo de ir, se não fosse assim, nem se alistaria. Os que dão lugar ao sentimento, começam a olhar para si, e acabam despedaçados – pelo coração inconstante, e os sentidos a flor da pele, e este não é um sexto sentido.

Não têm como ser ajudados. Sabe porquê? Porque eles mesmos não se ajudam, rejeitam a disciplina, não se submetem e vivem sem limites, alheio ao fato que sua própria vontade levará a morte ou a danos irreversíveis. E são muitos os “paralíticos” espirituais que nunca se recuperam, e acabam como um peso na obra de Deus. Sempre terá que ser carregado, dependentes da fé alheia. Estes nunca poderão estar a frente da batalha, terão que ser cuidados por valentes, como em um hospital …

Para quem quer se alistar , fica um conselho: Não há volta, e os que tentaram encontrar um caminho para fugir da guerra, acabaram como desertores, vítimas do sentimento, e fica a marca da vergonha, da infidelidade, da covardia.

Você tem certeza que quer entrar nesta guerra? Há um preço a ser pago: Dar a própria vida.

”Respondeu Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no mundo vindouro a vida eterna. Mas muitos que são primeiros serão últimos; e muitos que são últimos serão primeiros.” Mateus 10:29-31



“ Todavia, o meu justo viverá pela fé; e se retroceder, nele não se compraz a minha Alma.” Hebreus 10:38

Nós não fazemos parte daqueles que retrocedem.

Dn.Viviane Freitas
This entry was posted on 5:33 AM and is filed under , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

1 comentários:

On 20 de janeiro de 2012 13:50 , Lourdes disse...

Oi Kely, tem um presentinho lá no meu blog pra vc. viu!!! dá uma passadinha lá com carinho reservei pra esse blog abençoado bjus

lourdes-araujo.blogspot.com

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...